sexta-feira, 2 de julho de 2010

SEPHORA no Brasil

Prateleiras com maquiagens da loja Sephora no Galleria at Fort Lauderdale, nos EUA

          O grupo francês de luxo LVMH (Moët Hennessy Louis Vuitton) anunciou a compra de 70% do site brasileiro de cosméticos Sack's nesta sexta-feira, expandindo ao Brasil sua marca de varejo Sephora. Marca-desejo de quem é in no mundo fashion.
          A Sack's ( site brasileiro de venda de cosméticos) foi fundada em 2000, vende produtos de cerca de 270 marcas e tem uma carteira de mais de 830 mil clientes. Os 30% restantes da Sack's seguem sob o controle do presidente-executivo e co-fundador da empresa, Carlos André Montenegro, e de seus sócios.
"O Brasil e a América do Sul são países muito promissores para produtos de luxo... A oportunidade é formidável", afirmou em comunicado Antonio Belloni, diretor da LVMH.
        A aquisição permitirá à Sephora desenvolver sua plataforma eletrônica de negócios no Brasil e "com o tempo em lojas".
        Ou seja meninas, agora podemos adquirir os produtos da marca sem precisar sair do Brasil ( ok, essa era a melhor parte, viajar e gastar...) Fui em NYC e em Paris, ai que delícia, ai que saudade!

         FASHION BUSINESS        

       Agora, o grupo LVMH vislumbra uma expansão agressiva no Brasil, prevendo lojas em shoppings centers e possível fabricação de produtos da Sephora no país.
          Estima-se que o valor da operação como sendo de cerca de 200 milhões a 350 milhões de reais, mas o presidente-executivo da Sack's e da Sephora no Brasil, Carlos André Montenegro, rejeitou as cifras em entrevista à Reuters. Segundo ele, a empresa espera ter em 18 meses as primeiras lojas da Sephora no Brasil, que no mundo tem cerca de 500 pontos de venda.
        "Já estamos negociando a parte dos imóveis com vários shopping centers do país, queremos ter uma entrada agressiva de lojas físicas, ampliando o parcelamento do site para elas", afirmou Montenegro sem dar detalhes financeiros da operação.

      Apesar disso, ele afirmou que os recursos da operação irão para os sócios da Sack's, que além de Montenegro incluem o emprésario Marcelo Franco e a holding de investimentos Albatroz Participações. Os sócios mantêm os 30 por cento restantes da empresa.
       Com o acordo, o grupo LVMH, que no Brasil já tem representação de cosméticos, bebidas e roupas, passa a operar também a Sephora pela primeira vez na América Latina. 
      Porém como ponto negativo, Montenegro afirmou que um dos principais entraves a cosméticos no Brasil é a carga tributária, que no caso dos produtos importados chega a ser de 150 por cento.Por conta disso, o executivo afirmou que a empresa vai avaliar a produção no Brasil de produtos de maquiagem da LVMH, para tornar os preços mais competitivos no país frente a grandes rivais nacionais como Natura.
     Isso, porque cosmético importado é caro no país e as marcas nacionai pegaram toda essa fatia com preços mais acessíveis. Porém, Montenegro ressaltou que o parcelamento de marcas de luxo como Dior como facilitador dos negócios no país.
      Atualmente, a Sephora tem produção nos Estados Unidos e Europa, disse o empresário.  A Sack's foi fundada em 2000, vende produtos de cerca de 270 marcas e tem uma carteira de mais de 830 mil clientes.

 Vi no Uol estilo

Um comentário:

maria disse...

Quero cosmeticos da Sephora!!!!!!!!!!